Dicas de economia na hora da reforma
Veja como fazer uma reforma planejada e mais barata
15.09.2017

 Pensar em reformar a casa é sempre uma delícia. Imaginar como ela vai ficar depois que estiver tudo pronto é sempre satisfatório, ainda mais quando se tem subsídios com o Cartão Reforma – como já falamos aqui –, que o governo oferece para algumas famílias do programa Minha Casa, Minha Vida.

Pensar em reforma requer planejamento. Sem essa preparação, a reforma pode sair mais cara do que você imagina e acabar ficando inacabada, o que, no fim das contas, vai gerar ainda mais prejuízos. Por isso, levantamos cinco dicas simples e fáceis de seguir para que você renove a sua casa sem gastar muito.

1. Faça um projeto
Antes de começar uma reforma, defina o que pretende mudar em sua casa. Categorize o que é mais importante e comece por aí. Assim, você terá o controle dos materiais que precisa comprar, saberá qual a necessidade de cada item e avaliará quanto tempo vai durar a obra

2. Pesquisa
Depois de estipular a quantidade de material necessário, chegou a hora de fazer uma pesquisa de preços, o que inclui itens básicos, como tinta de parede, e de acabamento. Você pode até perder alguns dias fazendo essa pesquisa, mas, no fim das contas, verá o quanto economizou. Lembre-se também de comprar a quantidade certa de material para cada cômodo, evitando desperdícios e gastos desnecessários.

3. Pagamento
Como um bom brasileiro, na hora do pagamento, não deixe de pedir desconto! Se puder, pague à vista, já que as lojas costumam oferecer descontos maiores nessa categoria.

4. Procure profissionais de confiança
Na hora da reforma, não economize nos profissionais! Às vezes, pensamos que até nós mesmos conseguimos fazer alguns tipos de serviço, mas, muitas vezes, o resultado é um trabalho malfeito ou inacabado. Por isso, procure um profissional qualificado, que saberá exatamente o que fazer e do que precisa em cada situação da reforma.

5. Reutilize materiais
Evitar o desperdício é importantíssimo para economizar, por isso converse com o profissional e veja quais materiais podem ser reutilizados em outros cômodos da casa, evitando, assim, que eles precisem ser comprados novamente.


Fonte: Exame

 

Outras notícias

Governo Federal anunciou seleção para mais 61 mil unidades
Saiba mais

No próximo sábado, dia 29, a Prefeitura de Botucatu reunirá os candidatos que alegaram possuir algum tipo de deficiência no processo de sorteio para as 992 unidades habitacionais do Residencial Cachoeirinha
Saiba mais

Confira algumas dicas para decorar o ambiente gastando pouco
Saiba mais