Governo disponibiliza R$ 700 milhões para o Minha Casa Minha Vida
Recurso deve garantir retomada dos empreendimentos no programa de habitação do Governo Federal
11.03.2019

 Depois da pressão de prefeitos e parlamentares insatisfeitos com a paralisia quase completa do Minha Casa Minha Vida (MCMV) nos dois primeiros meses de 2019, o ministro da Economia, Paulo Guedes, decidiu liberar R$ 700 milhões para pagar parcelas vencidas às construtoras que participam do programa habitacional. Além de pagar as parcelas atrasadas, os recursos também devem garantir o fluxo de despesas pelo menos até o fim de março de 2019.

A promessa de liberação dos recursos foi vista com alívio pelo presidente da Câmara Brasileira da Indústria da Construção, José Carlos Martins. “Acredito que a situação voltará ao normal a partir de abril. Isso é fundamental, porque o PIB da construção caiu 2,5% em 2018 e acumula uma retração de 27,7% nos últimos cinco anos”, disse. Segundo Martins, o MCMV representa cerca de dois terços do mercado residencial no País.

A decisão de liberar os recursos foi tomada nesta semana, após reunião de Guedes no Palácio do Planalto com o ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, e o ministro do Desenvolvimento Regional, Gustavo Canuto - responsável pelo programa.

Fonte: Jornal O Estado de S. Paulo.

Outras notícias

Aumento nas vendas deixa o mercado imobiliário mais atrativo para investidores
Saiba mais

Descubra a seguir todas as regras vigentes para se cadastrar no Minha Casa Minha Vida
Saiba mais

Confira alguns pontos que devem ser levados em consideração na hora de comprar um imóvel
Saiba mais